Planejamento estratégico para clínicas odontológicas

Tempo de leitura: 5 min

Planejamento estratégico é assunto importante, seja no início ou durante o andamento dos seus negócios.

Uma clínica odontológica também precisa dele para atingir resultados positivos.

Caso você ainda não tem montado sua clínica, é importante que o planejamento seja feito antes mesmo dela inaugurada.

Mas não de preocupe: nunca é tarde para tirar um tempo e planejar estratégias para alcançar melhores resultados.

No que consiste esse tipo de planejamento?

O foco do planejamento estratégico para clínicas odontológicas é uma análise cuidadosa e por completo do seu negócio, segmento, oportunidades e de sua concorrência.

Afinal, percepção de mercado é essencial para tomar as melhores decisões para seu ramo, não é mesmo?

A partir disso, se constrói um planejamento estratégico que visa o futuro das ações de sua clínica. Ele serve como base para saber que caminho seguir.
Quer saber mais sobre como estruturar seu planejamento estratégico? Separamos as melhores  dicas para ajudar você nesta tarefa.

Missão, Visão e Valores

Definir a missão, a visão e os valores de sua clínica, é o primeiro passo.

Isso vai permitir que você tenha um norte para tomar as decisões referentes à sua clínica e conheça melhor o seu próprio negócio.

Elas são diretrizes para planejar o futuro do seu negócio.

Vamos entender a que cada uma delas se refere:

Missão

Diz respeito ao propósito da existência da sua clínica. Ele destaca o que seu negócio busca, e deve ser bastante objetivo.

Visão

É onde você deseja que seu negócio chegue.

Tenha certeza de que sua visão é tangível e possível de ser alcançada levando em conta onde sua clínica está estabelecida geograficamente.

Um exemplo prático disso é: alcançar um número X de atendimentos diários.

Valores

O que é essencial para a sua clínica, no que você e sua equipe acreditam.

Aqui se definem os valores que guiam sua empresa, como: respeito e ética.

Na hora de pensar nesses três tópicos, tenha por perto sua equipe e conheça bem seu mercado.

Muito além de frases bonitas, sua visão, missão e valores são tópicos que podem guiar o seu negócio.

Vale a pena destinar um bom tempo para esses três pontos.

Análise Swot

A análise SWOT é uma teoria que vem do Marketing e serve para embasar as tomadas de decisões de uma empresa.

Com ela, é possível ter um diagnóstico completo de sua clínica odontológica.

Isso vai ajudar a reduzir os riscos na hora de dar um passo importante na sua empresa, como:  explorar novos mercados, lançar um novo produto ou criar novas estratégias de marketing.

Isso significa que a análise SWOT pode ajudar um negócio das seguintes maneiras:

  • Dar mais segurança para a tomada de decisão;
  • Conhecer profundamente o cenário;
  • Compreender a posição em relação aos concorrentes;
  • Antecipar-se a movimentos externos;
  • Indicar alternativas de ação.

No Brasil, essa análise também é conhecida como FOFA (Forças, Oportunidades, Fraquezas e Ameaças).

Vamos conhecer cada ponto e como isso pode ser decisivo para seu planejamento estratégico:

Forças

Elementos internos da sua clínica odontológica. Diz respeito a sua vantagem competitiva no mercado, como por exemplo: uma sólida formação técnica, equipe capacitada, ambiente bem localizado.

Para pensar em suas forças, pense nos seus diferenciais que são realmente forças competitivas para o mercado.

Ter um “bom atendimento”, por exemplo, é o mínimo que seus pacientes estão esperando.

Portanto, não é uma força, é uma obrigação da empresa.

Forças são os pontos que te diferencial do mercado, o que é decisivo para seus pacientes estarem com você, e não com a concorrência.

Fraquezas

Fraquezas é tudo o que precisa ser melhorado, internamente na sua clínica para oferecer um serviço melhor aos pacientes.  

Pode ser desde o ambiente, até questão de pessoas e equipamentos.

O que hoje precisa ser melhorado para entregar uma melhor experiência para seus pacientes?

Oportunidades

São as possibilidades de mercado que podem afetar positivamente o seu consultório e representar uma oportunidade de crescimento.

Por exemplo: há uma sazonalidade no seu atendimento? Algum período do ano que a demanda sobe muito ou cai muito?

O que você pode fazer para equilibrar o processo e se preparar para esses períodos?

Ameaças

As ameaças são os elementos externos que podem vir a prejudicar o seu negócio de alguma maneira, caso venham a acontecer.

Aqui, vale lembrar que, diferente das Fraquezas, as Ameaças são pontos que talvez você, como gestor, não poderá evitar ou “arrumar”. São pontos externos.

Porém, conhecer as ameaças faz com que sua clínica esteja preparada para as mudanças.

Através da análise desses quatro ponto, você terá muito mais embasamento no momento de estabelecer a estratégia e os planos para o seu consultório odontológico.  

Estabeleça metas e objetivos

Depois de seguir estes dois passos acima, tire um tempo para conhecer sua concorrência e seu público.

Feito isso, o foco se volta para sua metas e objetivos.

Isso vai permitir que você monitores suas ações e faça as correções necessárias ao longo dos dias, para alcançar o sucesso esperado.

Uma das melhores maneiras de se fazer isso é propondo metas S.M.A.R.T.

Específicas (Specific)

As metas específicas dizem respeito a algo bem fechado, pontual, que portanto não deve ser generalizado.

Por exemplo: aumentar o número de pacientes nos procedimentos de ortodontia.

Mensuráveis (Measurable)

As boas metas são as que você consegue acompanhar e mensurar. É necessário se ater, para saber se elas estão sendo alcançadas.

Por exemplo, sua meta pode ser aumentar o número de pacientes nos procedimentos cirúrgicos.

Mas quanto? 10%? 20%? Colocar uma mensuração vai tornar a sua análise mais simples.

Alcançáveis (Attainable)

As metas devem ser sempre desafiadoras, ao mesmo ponto em que são possíveis de serem alcançadas.

Caso contrário, elas ficarão de lado, e acontecerá uma onda de desmotivação em relação a elas a longo prazo.

Por isso é tão importante manter os pés no chão.

Relevantes (Relevant)

Suas metas devem ser realmente relevantes para seu negócio e os seus objetivos.

Isso vai garantir que toda sua equipe faça um esforço real para atingi-las.

Temporais (Time based)

É muito importante que suas metas tenham um prazo específico para serem concluídas. Isso vai garantir que você não deixe nada pra depois.

Voltando ao nosso exemplo: sua meta é aumentar o número de pacientes nos procedimentos cirúrgicos em 20%. Quanto tempo até isso acontecer?

Depois de estabelecer as metas e um tempo hábil para que elas sejam feitas, seguindo todos os preceitos acima, defina indicadores de acompanhamento.

Eles vão permitir que você acompanhe periodicamente se o alcance dos seus objetivos.

E então, planeje!

Com sua análise SWOT, missão, visão, valores e metas, monte suas ações. O que você precisa para realizar os objetivos estabelecidos? Quanto tempo?

Nessa hora, um calendário e um ótimo alinhamento com a equipe é fundamental.

Quando todos conhecem quais as metas que precisam ser alcançadas e o que fazer para chegar até elas, o ambiente fica motivado e todos trabalham em harmonia.

Para ajudar você gestor a realizar e acompanhar seus resultados de maneira sólida, um software é a melhor opção.

Um sistema para clínicas odontológicas, como o Dental Office, oferece relatórios precisos de suas atividades, uma vez que todas elas são centralizadas em um mesmo lugar, além de uma otimização de processos e atendimentos.

Descubra o Dental Office e tenha como aliada uma tecnologia pensada para facilitar o dia a dia da sua clínica odontológica e da sua gestão.

Faça um teste grátis!


Como o Dental Office pode te ajudar a reduzir a inadimplência?