Como fechar mais orçamentos odontológicos: 8 práticas indispensáveis

Uma das coisas mais desafiadoras de ter a própria clínica ou consultório é conseguir fechar mais orçamentos odontológicos. Afinal, ainda é muito comum encontrar dentistas e donos de clínicas que se sentem constrangidos ao precisar vender.

Por esses e outros motivos, a taxa de conversão de orçamentos odontológicos acaba sendo baixa, o que pode desequilibrar o financeiro e resultar em perdas significativas ao negócio. 

Mas existem algumas práticas que podem ajudar a conseguir fechar mais orçamentos odontológicos e garantir maior segurança financeira. Por isso, separamos aqui 8 dicas essenciais para você, dentista e gestor, conseguir conquistar a confiança daquele paciente indeciso e fechar o orçamento.

Se você quer saber mais sobre esse assunto, continue lendo este post.

Apresente a clínica e os serviços ao paciente

Sempre que for receber um paciente novo e que esteja procurando um serviço específico, tente sempre se apresentar de forma segura e objetiva, assim como os procedimentos realizados pela sua equipe.

Tempo de atuação no mercado ou com certa especialidade, profissionais que atuam com você, e procedimentos mais procurados e realizados são uma forma de mostrar mais credibilidade e ganhar a confiança do paciente que buscou o seu consultório.

Isso faz com que na hora de apresentar o preço do seu serviço, a sua expertise sobre aquele procedimento seja levado em conta. Assim, o paciente se sente confortável em pagar um preço que ele considere mais elevado por se sentir mais seguro.

Não tenha pressa em falar o orçamento

Esse é um erro muito comum em clínicas e consultórios odontológicos. Muito antes de falar o preço do orçamento, é preciso escutar o seu paciente, e entender as suas necessidades. Passar por essa fase de conhecer seu paciente e ir direto falar de preços pode fazer com que esse orçamento seja perdido.

É primordial passar a sensação de atenção e de entendimento completo da situação do seu paciente e os objetivos que ele busca com aquele tratamento. Dessa forma, você poderá partir para as próximas etapas do processo para conseguir converter esse orçamento odontológico.

Nesse caso, é justamente explicar etapa por etapa do tratamento, como vamos ver no nosso próximo tópico.

Explique o tratamento e pontue seus benefícios

Agora que você já entendeu o que o seu paciente busca, e como você pode ajudá-lo com isso, é hora de explicar o tratamento de forma minuciosa. 

Essa fase é importante para que seu paciente entenda a complexidade daquele procedimento, quais materiais são usados, as tecnologias envolvidas, entre outros quesitos. 

Isso ajuda na percepção de que que por mais que determinado procedimento aparente ser simples, existe todo um estudo envolvido, custos, materiais de qualidade e mão de obra qualificada.

É nessa hora que o seu paciente começa a perceber que o preço, mesmo que ainda não tenha sido apresentado, é justo pela qualidade do serviço prestado. E isso faz toda a diferença na hora de fechar um orçamento odontológico. 

Não faça o orçamento a punho

Depois de apresentar todo o tratamento ao seu paciente, chegou a hora de formalizar o orçamento. Nessa hora, muitos dentistas costumam fazer o orçamento a próprio punho. Por mais que não esteja errado, esse pode ser um fator de decisão para o seu paciente.

Pense comigo: você recebeu o paciente, entendeu o serviço que ele procura, explicou o tratamento detalhadamente, tirou as suas dúvidas, mas na hora de fazer o orçamento entregou um papel escrito a caneta? Sim, isso pode causar estranheza, principalmente para pacientes que procuram tratamentos estéticos, ou que são naturalmente mais caros.

O ideal é ter um orçamento digitalizado, com o papel timbrado com o nome e dados da clínica, especificando o tratamento e mostrando o preço final. Você também pode inserir formas de pagamento e até que data aquele orçamento é válido.

Isso agrega valor para o seu consultório e para o seu serviço. A apresentação faz toda a diferença na hora do paciente fechar o orçamento odontológico ou não. Portanto, capriche no visual do orçamento.

Mas e se o paciente não quiser fechar o orçamento odontológico?

Depois de todas essas etapas, o paciente ainda pode ter dúvidas ou então não querer fechar o orçamento com você. E isso pode ser por diversos motivos: o paciente não sentiu confiança, achou o tratamento caro, tem um orçamento mais barato com outro profissional, entre outras razões.

Nessa hora parece que todo o esforço foi em vão, e que vai ser muito difícil recuperar esse orçamento perdido. Mas existem algumas práticas que podem te ajudar a converter esse paciente.

Aqui vão 4 dicas de como resgatar esse orçamento e fechar com esse paciente.

Diferencie preço e valor ao paciente

Essa é uma forma muito bacana, e bastante efetiva, de converter um paciente quase perdido. Ao receber um orçamento, muitas pessoas focam apenas no preço pago por determinado serviço, sem levar em consideração o valor que aquilo vai agregar à sua vida.

E quando falamos de odontologia, sabemos que os dentes podem mexer muito com a autoestima e até mesmo trazer diversos problemas de saúde no longo prazo, caso não seja tratado corretamente.

Ao receber uma negativa, tente mostrar ao paciente o valor do serviço prestado, quais os benefícios isso vai trazer, como esse tratamento pode mudar a qualidade de vida dele. Foque sempre em primeiro lugar na saúde, e dependendo do tratamento, da autoestima que aquele procedimento pode trazer.

Dessa forma, além de mostrar o quanto é importante cuidar dos dentes, você pode fechar mais um orçamento.

Ofereça condições especiais de pagamento

Muitas vezes pacientes deixam de fechar um orçamento odontológico por achar o tratamento caro, ou não ter condições de pagar. Nesses casos, o ideal é entender o seu paciente e oferecer condições especiais de pagamento.

Além de oferecer descontos, uma forma de não perder esse paciente, é ter na sua clínica métodos de pagamento diversificados. Cartão de crédito e débito, boleto bancário, pix, e até mesmo cheque, pode ser uma forma de garantir mais um contrato fechado.

“Mas com cheque e boleto não corro o risco do paciente ficar inadimplente?” 

Se essa foi uma pergunta que passou pela sua cabeça, você pode contar com algumas facilidades para ver se aquele cliente é ou não bom pagador. O site do Serasa permite consultar CPFs e CNPJs pagando um valor específico por cada consulta. 

Já nos pagamentos em cartão, você pode contar com a parceria Dental Office e Stone para realizar parcelamentos e acompanhar tudo do painel gerencial do software. Para saber mais, clique aqui

Mostre casos de sucesso ao paciente

Outra forma de aumentar as suas chances de fechar mais orçamentos odontológicos é mostrar ao paciente casos de sucesso. Pode ser fotos de antes e depois, ou até mesmo depoimentos de pacientes que passaram pelo mesmo procedimento e estão satisfeitos com os resultados obtidos.

Essa é uma forma do paciente perceber ainda mais a qualidade do seu trabalho, e reconsiderar. Vale reforçar que essa é uma tática que pode funcionar para pacientes que estejam indecisos em realizar o procedimento, mas não em detrimento do preço.

Use essas informações para pacientes que tenham medo de dentista, ou estejam receosos para realizar um procedimento mais complexo. É uma forma de acalmá-los e deixá-los mais à vontade.

Dê tempo para o paciente reconsiderar

Se depois de todo esse processo o paciente ainda não quiser fechar o orçamento, dê tempo ao tempo. Normalmente, os pacientes procuram outros profissionais para avaliar preços e também o atendimento.

Para não perder esse paciente de vista, estabeleça uma data para retomar o contato com o seu ele. No dia determinado ligue para saber a sua decisão final. Caso ele tenha mudado de ideia, já faça o agendamento do procedimento para um dia próximo e que seja confortável para ambos.

Agora, se o paciente realmente não quiser fechar esses orçamentos odontológicos, agradeça-o por ter procurado o seu serviço e se coloque à disposição. Assim você mantém uma relação amigável com o paciente e evita que fique alguma animosidade entre ele e o seu consultório.

Lembre-se que o atendimento deve ser sempre de excelência. Afinal, muitos pacientes retornam ao se lembrarem de como foram tratados. 

Por fim,

Chegamos ao fim de mais um conteúdo aqui no Blog Dental Office. Vimos aqui 8 práticas indispensáveis para fechar mais orçamentos odontológicos na sua clínica ou consultório. Se você quer aprimorar ainda a sua gestão financeira e fechar ainda mais orçamentos, acesse:

Esperamos que esse conteúdo tenha sido de grande utilidade para você e para a sua equipe. Não deixe de compartilhar com os colegas de profissão, e claro, de comentar o que achou.

Agradecemos a sua leitura e te esperamos nos próximos conteúdos!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X

Preencha o formulário abaixo.

    Enviando...