Como elaborar um plano de marketing para dentistas

Para dentistas e gestores odontológicos: como elaborar um plano de marketing para dentistas.

O mercado odontológico anda cada vez mais concorrido. E só você sabe como é difícil conseguir mais pacientes.

Ou então, você começou sua carreira de empreendedor recentemente e não tem a menor ideia de como alcançar os resultados financeiros desejáveis.

Por este motivo estamos aqui para te ajudar a elaborar um plano de marketing para dentista infalível.

Aqui você encontrará dicas, técnicas e exemplos que irá te ajudar a fazer um planejamento de marketing para se manter sempre no topo de atração e fidelização dos pacientes.

O que é um plano de marketing?

O plano de marketing nada mais é do que uma estratégia para alcançar os objetivos, assim como o planejamento financeiro.

É um passo a passo para que o consultório (ou clínica odontológica) possa alcançar o resultado .

Mas, qual é o resultado?

Por exemplo, no plano financeiro:

 

Antes de começar qualquer planejamento, você precisa definir qual é o objetivo.

Definir o objetivo

Muitos dentistas e gestores odontológicos se confundem em como definir o objetivo de marketing, pois não entendem o consultório ou a clínica odontológica como um negócio (empresa de mercado).

Ou seja, o Marketing é literalmente o mercado, se você não deseja aumentar os lucros, melhorar imagem e status financeiros perante o mercado, é porque você não reconhece seus serviços como negócio de empreendedorismo.

Fizemos essa introdução para te explicar que em qualquer lugar do mundo, todo consultório ou clínica odontológica, que faz um planejamento, faz para alcançar objetivos.

Por isso, quando mensurar recursos, definir alvos, identificar a comunicação ideal, você deve se fazer à seguinte pergunta, para quê? com qual objetivo?

Pois, essa respostas guiarão todo planejamento.

Definir o objetivo também é analisar o cenário da sua empresa, isso é identificar os ponto que precisam melhorar, falaremos disso depois, mas deixa alguns exemplos de definição de objetivo de marketing à seguir:

Aumentar o market share:

Isso é a fatia que você têm de pacientes na região.

Exemplo: uma cidade de 100 mil habitantes, 20 mil pessoas vão ao dentista e desses 500 pessoas vão ao seu consultório ou clínica odontológica, ou seja, no mercado o seu market share é de 2,5% do mercado).

Fidelizar a base de pacientes:

Antes aumentar o seu market share é importante você pensar no objetivo de retenção.

Pois não irá adiantar em nada aumentar os pacientes durante um período e em outro momento esses mesmos pacientes nunca mais voltarem ao seu consultório ou clínica odontológica.

Por isso, tente enumerar a evasão (ou fidelização) de pacientes. Exemplo: a cada 20 novos pacientes 3 se tornam fiéis.

Melhorar o reconhecimento e a imagem do consultório ou da clínica:

Esse objetivo é muito comum de ser traçado por grandes consultórios.

A imagem também irá influenciar no aumento e fidelização de pacientes.

A imagem nada mais é do que o espaço na mente do paciente. Quando se trata de uma boa imagem esse paciente recomenda o seu consultório ou clínica odontológica para outras pessoas.

Melhorar a imagem nada mais é do que melhorar a experiência do paciente, tanto na estrutura do consultório ou clínica odontológica, na primeira abordagem, no momento da consulta ou procedimentos e principalmente depois do atendimento.

Para identificar como anda a imagem, faça questionários de pontos fortes e fracos pós atendimento.

Dessa forma, você encontrará problemas em comum que podem ser corrigidos.

Pesquisas

O que pode te ajudar na elaboração de como alcançar os objetivos é por meio de pesquisas.

As pesquisas te entregaram um material rico de informações sobre os pacientes ideias, a concorrência e o comportamento do mercado.

Dentre as pesquisas a serem realizadas recomendamos que você faça a de persona e público alvo.

Público-alvo

Você já deve imaginar o que é público alvo, pelo próprio nome é o público que você deve alcançar.

Na verdade são as características de um grupo de pessoas que têm um mesmo grau de escolaridade, objetivos, interesses etc.

Ou seja, são as características generalizada do seu paciente.

As pessoas do público alvo costumam ter em comum: idade, sexo, formação educacional, poder aquisitivo, classe social, localização e hábitos de consumo.

Pessoa  

Não confunda persona com público-alvo, não são sinônimos! A persona é bem mais específica, são as características do seu paciente ideal. O paciente que espera até o último momento, quando já está com dor, para procurar por um dentista.

Ou seja, a diferença entre público-alvo e persona é que o público-alvo são as características em comum de todos os pacientes e o da persona são as características específicas do paciente ideal.

Ir à ação

Depois de reunir tantas informações como, objetivos e características de mercado, agora você precisa entender como irá alcançar as estratégias do plano de marketing para dentistas.

Para isso, faça perguntas (hipotéticas):

    • Como faremos para aumentar o market share?

 

  • Como faremos para melhorar a fidelização de pacientes?

E respostas (hipotéticas):

    • Para aumentar o market share investiremos em mídia digital, pois 80% do público-alvo tem interação com redes sociais, sites e pesquisas no Google.

 

  • Para melhorar a fidelização realizaremos uma comunicação integrada aos SMS antes e pós-atendimento.

Acompanhe os resultados

Além disso, todas as respostas a essas perguntas podem variar com o tempo.

Por isso é muito importante que o responsável pelo planejamento acompanhe o processo e analise muito bem os resultados.

Entendendo se as ações precisam ser alteradas para que o objetivo seja alcançado de forma mais rápida.

Enfim…

A comunicação para alcançar os objetivos do planejamento podem ser centradas na imagem do dentista administrador ou da marca do consultório (clínica).

Mas, independente disso, você percebeu o quão é importante é fazer um plano de marketing para dentistas?

Com ele você entende melhor o seu cenário atual de mercado, o status da sua clínica ou consultório, conhece melhor o seu paciente e o que ele deseja.

Todas essas informações e muitas outras constroem o uma estratégia eficiente para praticar o marketing odontológico.

Gostou desse conteúdo? Então não deixe de compartilhar com sua equipe.

Agradecemos sua leitura!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *