Quer mais lucro no seu consultório odontológico? Não cometa esses erros!

As margens de lucro de um consultório odontológico estão diretamente ligadas com a gestão que se faz dele. Erros neste departamento estão diretamente relacionados com lucros congelados ou registro de prejuízo. 

Então, para aumentar a rentabilidade é preciso, primeiramente, ponderar sobre como acontece a gestão no consultório.

É fato que quanto mais em direção ao digital o dentista anda, mais expressivas são as margens de lucro. 

Isso acontece pois a digitalização e modernização das ferramentas de gestão contribuem para a otimização de processos e aumento de produtividade do dentista e sua equipe.

Nesse artigo, vamos mostrar como o dentista pode escalar os seus lucros e evitar alguns erros para melhorar o seu desempenho como gestor e profissional. Boa leitura!

Processos desorganizados e o lucro;
Precificação errada compromete as margens de lucro;
A não elaboração de contratos de prestação de serviço.

Processos desorganizados e lucro

Processos desorganizados e lucro

A digitalização da gestão é uma tendência em diversos setores da economia. No setor da saúde não é diferente. Evitar essa tendência é um erro a ser evitado.

Não espere mais para começar a adequar a sua clínica à modernidade, pois é isso que os pacientes (e o próprio mercado) esperam de um consultório odontológico.

Uma maneira de abrir as portas à inovação é digitalizar todo o setor de organização do seu consultório. 

É hora de se despedir das agendas de papel, prontuários de clientes impressos, telefone fixo, bloco de notas e outras ferramentas que não promovem a organização da clínica, ao contrário do que se pensa. Esse tipo de ação, na verdade, tem alto custo para o seu caixa. 

Como isso impacta nos lucros? Através da redução de custos em papelaria e telefonia. O dentista ficaria surpreso o quanto se gasta nesses itens, pois no dia a dia, parece que a quantia de dinheiro que deixa o caixa não é expressiva, mas, ao analisar em relatórios mensais e anuais, o cenário é diferente.

Saiba mais sobre a otimização do dinheiro da sua clínica no artigo:  Redução de custos em clínicas odontológicas.

Manter técnicas ultrapassadas de organização é outro erro para ser corrigido. Além do mais, quando sua clínica é moderna e prática, os pacientes que já fizeram procedimentos em seu consultório irão retornar e indicar os serviços oferecidos para amigos e familiares.

Como deixar a clínica e os procedimentos mais modernos? Confira algumas dicas: 

  • Implemente o auto agendamento para otimização do tempo da equipe de atendimento e mais conforto do paciente;
  • Utilize o prontuário eletrônico para deixar o procedimento mais rápido e prático, eliminando a necessidade de papéis. Assim, não é necessário fazer as mesmas perguntas toda vez que o paciente retorna, basta uma rápida leitura no prontuário. 

Tenha em mente que um paciente que é bem atendido indica o consultório para mais pessoas, como amigos e familiares;

  • Contrate um sistema de gestão, como o Dental Office! Além de oferecer os serviços de auto agendamento, o software de gestão permite o controle de entradas e saídas, recebimentos futuros e permite a integração de diferentes formas de pagamento, como cartão de crédito e boleto bancário.

Precificação errada que compromete as margens de lucro

Precificação errada que compromete as margens de lucro

A precificação dos procedimentos odontológicos é determinante nas margens de lucro do consultório. Errar no cálculo de orçamentos é fatal para o registro de lucros.

Todos os gastos operacionais precisam ser precificados em qualquer orçamento, bem como a utilização de todos os insumos que serão usados.

É necessário listar todos os custos fixos e variáveis na precificação, qual é a margem de lucro pretendida e o número de horas trabalhadas para ter o valor exato do serviço prestado.

Se seu orçamento for muito baixo, não haverá lucro, por mais que o profissional trabalhe por horas e horas. Aliás, o resultado pode ser inverso e os prejuízos podem começar a aparecer em relatórios contábeis. Quer saber mais sobre a precificação? 

Leia esse artigo para saber como precificar os tratamentos odontológicos.

A importância do contrato de prestação de serviço

A importância do contrato de prestação de serviço

Os contratos funcionam como uma ótima ferramenta de proteção tanto para o dentista quanto para o paciente. 

São eles que trazem a última palavra em caso de descumprimento do serviço comprado ou em casos de ausência de pagamento e inadimplência (palavra que é inimiga do lucro).

Sendo assim, a não elaboração de um contrato que informe o paciente sobre qual será o procedimento legal em casos de falta de cooperação, abandono do tratamento ou mesmo inadimplência é um erro que compromete suas margens de lucro. 

Não anexar a documentação ao contrato desse cliente é outro erro. O contrato é uma ferramenta que irá proteger os seus lucros, mas só terá validade se todo o processo for feito de forma correta.

Tenha em mente que todo negócio existe para gerar lucro. Evite esses erros em seu consultório e veja que as receitas do próximo mês já serão mais expressivas. 

Conclusão: dica extra

A inadimplência é um problema que também pode acabar impactando a lucratividade na sua clínica ou consultório de odontologia. Quer saber como evitar isso e ter melhores resultados financeiros? Então confira o eBook: