Meios de pagamento para clínicas e consultórios odontológicos

Quando se fala em experiência do paciente, a primeira coisa que vem à mente é o atendimento. Porém, existem muitos fatores que devem ser considerados, e um deles é a variedade nas formas de pagamento. 

Existem alguns procedimentos com um valor mais elevado, o que acaba demandando o parcelamento do pagamento para o paciente, por exemplo.

É claro que também existe o outro lado: o do dentista que deve avaliar seu financeiro e verificar quais meios de pagamento podem ser favoráveis para o seu negócio. 

É importante que um dentista gestor conheça os meios de pagamento existentes. Apenas dessa maneira ele poderá adotar as melhores opções para sua clínica ou consultório odontológico. 

Para ter ajuda na hora de tomar essa decisão, continue sua leitura. Você saberá tudo sobre os possíveis meios de pagamentos na odontologia e como eles podem ser benéficos para o seu negócio e seu paciente:

Dinheiro em espécie

O pagamento em espécie está diminuindo por conta da insegurança pública e também graças às novas formas de pagamento que suprem as necessidades do dia a dia. 

Porém, vale destacar que esse meio de pagamento ainda é utilizado por muitos pacientes. 

É importante destacar que, caso sua clínica ou consultório aceite dinheiro vivo, é necessário conferir a veracidade das notas. Isso vai impedir que você caia em ciladas de notas falsificadas.

Porém, faça isso com cuidado, para que o paciente não acabe se sentindo constrangido!  

Cheque

Esse meio de pagamento deve ser muito bem analisado antes de ser aceito, pois pode acabar resultando na inadimplência de pacientes de má-fé. 

É claro que ele tem a grande vantagem de que o paciente poderá parcelar altos valores nos planos de tratamento. Porém sua clínica deve fazer o possível para evitar um desfalque no financeiro. 

Para isso, ofereça esse tipo de opção apenas para pessoas que já são seus clientes há um bom tempo e que são confiáveis, ou realize uma análise de crédito do paciente. Você pode contar com o Connect Experian para fazer essa análise de maneira fácil e ágil. 

Além disso, ter um sistema com a funcionalidade de controle de cheques também é uma excelente opção.

Caso você esteja lidando com a inadimplência em sua clínica, confira o post: 10 dicas para reduzir a inadimplência do consultório odontológico

Cartão de crédito ou débito

Meios de pagamento para dentistas | Dental Office

O cartão é o meio de pagamento mais utilizado por pacientes em tratamentos, e não somente na odontologia, mas também no mercado em geral. Além do mais, essa também é uma das opções mais seguras para o seu financeiro no que diz respeito aos pagamentos parcelados.

As vantagens de contar com máquinas de cartão são:

  • Garantir o valor total do pagamento;
  • Reduzir a inadimplência;
  • Oferecer uma opção de pagamento muito utilizada por grande parte dos seus pacientes;
  • Melhorar a agilidade e a gestão dos pagamentos.

Caso você possua um sistema de gerenciamento odontológico, é importante que ele tenha a funcionalidade de integração com maquininha de cartão para agilizar o gerenciamento financeiro.

Afinal de contas, o controle do seu fluxo de caixa deve considerar os meios de pagamento e o parcelamento para fazer o lançamento da maneira correta. Sem isso, o fechamento do caixa no fim do mês não será compatível com os recebimentos reais.  

Para ir mais além, conheça duas empresas de maquininha de cartão que podem ser utilizadas em sua clínica: 

Saúde Service

Meios de pagamento para dentistas | Dental Office

A Saúde Service é uma maquininha de cartões exclusiva para profissionais da saúde. Por isso, ela oferece soluções que vão auxiliar muito sua clínica ou consultório odontológico. 

Stone

A Stone é uma maquininha de cartão que possui uma série de funcionalidades que podem ajudar sua clínica na variedade de opções de pagamento para clientes e na sua gestão financeira. 

Vale destacar

Ambas as opções de máquina de cartões contam com splits de pagamento e estão integradas ao sistema de gestão odontológico Dental Office.  

Boleto

Boleto bancário é o segundo meio de pagamento mais utilizado no Brasil. Ele tem vantagens que atendem qualquer pessoa, pois não é necessário ter conta em banco, nem cartão de crédito ou débito. Além disso, é uma opção barata para quem emite. 

O pagamento pelo paciente pode ser feito em lotéricas, caixas eletrônicos, correios ou aplicativos de bancos.

Para que a clínica ou consultório odontológico possa emitir boletos é preciso ter uma conta corrente aberta em banco e ter carteira de cobrança vinculada a ela. 

Essa é uma parte burocrática, mas vale a pena, considerando como ela pode ser vantajosa para sua clínica e para a experiência dos pacientes. Basta realizar uma gestão cuidadosa dos pagamentos por boleto, controlando todos os recebimentos e as contas que constam em aberto. 

Uma solução para quem não quer recorrer à burocracia dos bancos é ter uma intermediadora de emissão de boletos, como a ASAAS. Essa solução, além de ajudar na emissão de boletos, auxilia na sua gestão financeira com integração a outras funcionalidades do software odontológico Dental Office. 

Conclusão

O ideal é que sua clínica ou consultório de odontologia ofereça todas as opções citadas acima. Assim, seus pacientes terão opções diversas para realizar os pagamentos dos procedimentos odontológicos de acordo com suas situações financeiras.

É importante lembrar que o poder aquisitivo dos seus paciente pode ser bastante variado. Ao oferecer opções diversas fica mais fácil captar e fidelizar clientes.  

Quer mais dicas para ter um atendimento melhor em seu negócio e garantir que os pacientes continuem escolhendo sua clínica? Então confira o eBook: