Periodontia: tudo o que você precisa saber sobre essa especialidade odontológica

A periodontia é uma área da odontologia muito procurada por dentistas que buscam uma primeira especialização. No Brasil, de acordo com o Conselho Federal de Odontologia, é a quinta especialidade com mais profissionais habilitados.

Se especializar e estudar novas áreas é uma forma de valorizar ainda mais o seu trabalho e agregar valor ao seu serviço. Além disso, pacientes têm procurado cada vez mais especialistas para ter mais segurança nos procedimentos odontológicos.

Se você chegou até aqui e quer saber um pouco mais sobre essa especialidade que tem ganhado cada vez mais destaque no mercado, continue lendo esse post.

Aqui você vai encontrar:

  • O que é periodontia;
  • CFO e a periodontia;
  • Como se especializar;
  • Motivos para a especialização;
  • E o mercado de trabalho na periodontia.

Vamos lá?

O que é periodontia?

periodontia-o-que-voce-precisa-saber

A periodontia é uma especialidade odontológica responsável pela prevenção, tratamento e diagnóstico de doenças relacionadas aos tecidos e estruturas que dão suporte aos dentes, ou seja, as gengivas e os ossos.

Esse especialista trata de doenças como gengivite (inflamação nas gengivas), periodontite, também conhecida como doença periodontal (infecção por bactérias dos tecidos que envolvem os dentes, como tecidos, ligamentos e afins). 

A periodontite também pode se apresentar em sua versão avançada, sendo a mais grave entre as três. Nessa etapa, ocorre a destruição dos ossos e fibras responsáveis por sustentar os dentes.

Nesses casos, pode ocorrer a movimentação indesejada dos dentes, além da perda dentária.

O que diz o CFO sobre a especialidade?

Segundo o Conselho Federal de Odontologia (CFO), a periodontia é “a especialidade que tem como objetivo o estudo dos tecidos de suporte e circundantes dos dentes e seus substitutos, o diagnóstico, a prevenção, o tratamento das alterações nesses tecidos e das manifestações das condições sistêmicas no periodonto, e a terapia de manutenção para o controle da saúde.”

Ou seja, a especialidade tem por objetivo cuidar das estruturas que dão suporte aos dentes, nesse caso a gengiva. Apesar de parecer uma especialidade muito restrita, a periodontia permite diversos procedimentos e tratamentos, o que torna a atuação ampla e essencial para a população.

Quais os procedimentos realizados em periodontia?

periodontia-o-que-voce-precisa-saber

Ainda de acordo com o CFO, as áreas de competência do dentista especialista em periodontia são: 

  • Avaliação diagnóstica e planejamento do tratamento; 
  • Avaliação da influência da doença periodontal em condições sistêmicas;
  • Controle dos agentes etiológicos e fatores de risco das doenças dos tecidos de suporte e circundantes dos dentes e dos seus substitutos
  • Procedimentos preventivos, clínicos e cirúrgicos para regeneração dos tecidos periodontais e peri-implantares
  • Planejamento e instalação de implantes e restituição das estruturas de suporte, enxertando materiais naturais e sintéticos
  • Procedimentos necessários à manutenção de saúde. 

Esses profissionais também estão habilitados a realizarem cirurgias gengivais, como a cirurgia plástica para harmonizar o sorriso, e corrigir outros problemas nesses tecidos e estruturas.

Como me especializar em periodontia?

Para se especializar em periodontia, o profissional precisa passar por muito estudo e dedicação. Além da graduação em odontologia, essencial para a especialização em qualquer área odontológica, o dentista também precisa fazer um curso específico voltado para a periodontia.

O Conselho Federal de Odontologia exige, em suas normas, que essa especialização seja feita em uma instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). Além disso, a carga horária mínima do curso precisa ser de 750 horas.

Depois de concluído o curso, vale ressaltar que o profissional não pode começar a exercer a profissão sem antes obter o registro profissional no Conselho Regional de Odontologia de onde reside.

No Conselho Regional de Odontologia de São Paulo, por exemplo, são necessários o certificado e histórico originais, além de cópia simples de ambos os documentos. Também são cobradas taxas administrativas para a obtenção do registro. 

(Consulta das informações realizadas em janeiro de 2021. Alterações podem ser feitas e devem ser consultadas diretamente no site do Conselho).

Por que me especializar nessa área?

periodontia-o-que-voce-precisa-saber

Como falamos acima, a periodontia é uma área que traz muitas possibilidades aos seus profissionais. Segundo o CFO, o Brasil tem atualmente 10.294 especialistas em periodontia, sendo 5.611 mulheres e  4.683 homens.

Se você ainda está em dúvida em se especializar na área, separamos 3 motivos que podem te ajudar nessa decisão profissional.

Alta demanda

Muitas pessoas procuram o periodontista para resolver problemas relacionados à estética das gengivas, para diminuir o sorriso gengival. Mas muito além disso, esse profissional tem ganhado cada vez mais espaço no mercado.

Pacientes tem se preocupado cada vez mais com a saúde bucal e manutenção dos dentes. E a periodontia é justamente a especialidade odontológica que avalia as condições dessas estruturas de suporte para o sorriso se manter saudável e bonito.

Por isso, muitos pacientes recorrem a periodontistas, para garantir que a saúde bucal esteja em dia.

Salário atrativo

De acordo com o site Vagas.com, um especialista em periodontia que atue por CLT pode receber até R$ 6.490, sendo a média salarial cerca de R$ 5.177. Vale ressaltar que esses valores podem variar de acordo com a região no país, e claro, com o tempo de experiência do profissional.

Para periodontistas recém-formados, o site informa que o salário se inicia em R$ 3.500. Para dentistas e profissionais que possuem a própria clínica ou consultório odontológico, esses valores também podem variar.

Ampla atuação

Uma outra vantagem de se especializar em periodontia, é a ampla atuação que essa formação traz, assim como outras especialidades. 

Além de realizar diversos tipos de tratamento e procedimentos, o que amplia a atuação clínica do dentista, o periodontista também pode atuar em diversos locais: clínica ou consultório próprio, clínicas especializadas, na saúde pública, sindicatos, e afins.

Mercado de trabalho em periodontia

Como vimos no tópico anterior, existem diversas opções de trabalho para especialistas em periodontia. E com o mercado da odontologia cada vez mais aquecido e com novos profissionais e procedimentos, inclusive estéticos, especialistas se sobressaem.

Uma constante nesse mercado é a procura de pacientes por dentistas experientes, com boas qualificações e formações adequadas ao que aquele paciente tem procurado. 

Contudo, vale lembrar que além de todo o estudo, dedicação e da formação e especialização, o atendimento continua sendo o principal diferencial para que um paciente escolha o seu trabalho ou de outro dentista, e claro, permanecer com você.

Como fidelizar pacientes em periodontia?

Uma das grandes objeções de dentistas que não acham a área da periodontia lucrativa ou atrativa é a dificuldade em fidelizar pacientes.

Afinal, mais do que em qualquer outra especialidade, a periodontia precisa de total cooperação do paciente para que o tratamento tenha sucesso. No entanto, existem formas de fidelizar os pacientes que servem tanto para a periodontia como para qualquer outra especialidade.

Para ver essas técnicas e garantir um atendimento de excelência para o seu negócio, preencha o formulário e baixe ‘10 Táticas para fidelizar o paciente na odontologia’:

Enfim, 

Você chegou ao fim de mais um conteúdo aqui no Blog Dental Office. Vimos aqui tudo o que você precisa saber sobre a periodontia. 

Esperamos que esse conteúdo tenha te ajudado de alguma forma. Se sim, compartilhe com os seus amigos e colegas de profissão, e não se esqueça de  compartilhar também com a sua equipe.

Esperamos você nos próximos conteúdos exclusivos.

Até mais!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X

Preencha o formulário abaixo.

    Enviando...