Dentistas, como estar em dia com a receita?

Tempo de leitura: 3 min

Para dentistas e gestores: como estar em dia com a receita?

Você dentista, desempenha um papel essencial ao sistema tributário do nosso país. Para que sua clínica ou consultório atue com máxima segurança tributária e fique em dia coma a receita federal será necessário ter atenção em alguns quesitos.

Assim como em qualquer outra atividade, dentistas também precisam preocupar-se com a parte administrativa do seu consultório ou clínica.

E como você deve saber a prática administrativa é muito mais burocrática do que a prática da saúde bucal.

Por isso, nós te ajudaremos, a seguir, a ficar em dia com a receita federal. 

Escolha o regime tributário

Caso você esteja abrindo um consultório, a primeira etapa é projetar como será a gerencia do financeiro. Nesse caso o dentista possui duas opções:

  • Pessoa física: sem precisar abrir seu próprio CNPJ e registrando as despesas em um Livro Caixa;
  • Pessoa jurídica: nesse caso, o consultório teria seu CNPJ e o dentista teria que optar por um regime tributário, como o Simples, Lucro Real ou Lucro Presumido.

Até se você já exerce a profissão, é preciso pensar se a condição escolhida continua sendo a melhor para o seu caso.

Para o dentista que optar por exercer a profissão como pessoa física, as despesas fixas devem ser registradas em um Livro Caixa, como:

  • Aluguel;
  • Salários dos funcionários;
  • Contas de água, luz, telefone e internet;
  • Materiais do estoque odontológico;
  • Entre outros.

Dessa forma, o imposto será calculado sobre todo faturamento durante um determinado tempo. 

Se o resultado desse cálculo chegar ou ultrapassar a alíquota de 27,5%, com o valor de abatimento em 30%, é o momento de considerar a abertura de uma empresa para o consultório.

Tributação jurídica:

No Brasil existem 3 regimes tributários exigentes para pessoa jurídica:

  • Lucro Real: este tipo de regime, o consultório deve antecipar os tributos de modo mensal, ou ainda trimestral;
  • Lucro Presumido: nesta modalidade o percentual de tributação é de 13,33% sobre seu faturamento, já inclusos os impostos federais e municipais. Estes é o percentual de base para o Distrito Federal, porém, tais percentuais podem sofrer variações de acordo com o município sede onde a clínica atua;
  • Simples Nacional – A LC 147/14 permitiu a inclusão de diversas empresas prestadoras de serviços no Simples Nacional, dentre elas as clínicas médicas e odontológicas. Porém, o percentual a ser recolhido pelos consultórios odontológicos neste regime de tributação é maior do que os valores recolhidos se a clínica fosse optante pelo Lucro Presumido, pois esta atividade está enquadrada na LC 123/06 em sua tabela VI .

Isso quer dizer que, os percentuais de recolhimento sobre o faturamento para quem está sujeito a esta tabela são:

16,93% – faturamento médio de R$ 180.000,00 anuais (média de R$15.000,00/Mês)

22,45 % – faturamento médio de R$ 3.420.000,01 até R$ 3.600.000.00 anuais (média de R$ 300.000,00/Mês)

O que deve ser levado em consideração, principalmente por consultórios que tem funcionários, é que o recolhimento do INSS Patronal está Incluso nos percentuais do Simples Nacional referidos acima.

Isso quer dizer que a empresa economiza os 27,8% que teria que pagar sobre o valor bruto da Folha ao INSS.

O software de gerenciamento odontológico pode te ajudar.

A contabilidade é essencial para orientar o consultório. Além de apoiar na escolha do melhor regime tributário na de abrir o consultório, um bom serviço de contabilidade também, auxiliará o profissional a economizar.

Porém, existem soluções mais rentáveis e bem mais atuais de contabilidade, permitindo que você foque naquilo que importa.

Como é o caso dos softwares odontológico, que possuem contabilidade online integrando todos os processos que antes erram realizados manualmente, reduzindo os custo entre outros.

Enfim…

Nesse conteúdo você aprendeu algumas dicas para ficar em dia com a receita federal. 

Aprendeu que não existe formula mágica para isso, mas existe uma funcionalidade que pode otimizar a veracidade das informações contábeis, a velocidade de armazenamento, a praticidade, economia. Funcionalidade conhecida como contabilidade online, dentro de um software odontológico.

Gostou desse conteúdo? Então, não deixe de compartilhar com sua equipe!

Agradecemos a leitura.

Imposto de Renda para Dentistas