Quanto gasta um estudante de odontologia?

Tempo de leitura: 3 min

Como você deve imaginar que o curso de odontologia está cada vez mais competitivo no Brasil, tanto em faculdades e universidades privadas quanto nas públicas. 

O sonho de se tornar dentista tem se tornando cada vez mais popular entre os milhões de jovens brasileiros.

Se esse é seu caso, é importante você se planejar financeiramente para a vida acadêmica de um estudante de odontologia. 

Precisa entender os custos tanto na faculdade privada quanta na pública. 

Se você já iniciou ou quer iniciar a graduação odontológica, continue lendo esse artigo.

Quais são os custos fixos no curso de odontologia?

via GIPHY

Se a sua opção é pela instituição de ensino privado, terá que calcular os custos fixos:

Isso é, basicamente: 

  • o preço benefício da instituição, 
  • distância e 
  • custos de necessidades básicas. 

Preço benefício da instituição

A mensalidade média no curso de odontologia no Brasil, custa em torno de R$ 1.700,00 (Fonte: Mundo Vestibular).

Por isso, a escolha da instituição privada, para curso de odontologia é uma das tarefas que deve ser analisada com muito cuidado.

Atualmente, com a grande oferta e demanda do curso de odontologia, muitas universidade e faculdades oferecem o curso com diversas promoções, principalmente em fim de ano. 

Porém cabe você escolher a melhor opção. O primeiro passo é entender sua realidade financeira, anotar quanto pode pagar em mensalidades. 

Depois disso, faça uma análise das melhores opções no Ranking RUF

O RUF, Ranking Universitário da Folha, lista todas as faculdades e universidades privadas e públicas do Brasil. 

Você consegue limitar essa lista por regiões e notas, a partir de cinco indicadores: 

  • pesquisa, 
  • internacionalização, 
  • inovação, 
  • ensino e 
  • mercado.

Distância

Se você mora a uma longa distância da faculdade, terá que se mudar para perto e buscar alojamentos, repúblicas estudantis, apartamentos ou casas. 

Você pode realizar essa pesquisa de busca de apartamentos e imóveis para alugar através desses sites especializados:

Dessa forma o valor da mensalidade da faculdade escolhida se somará com o valor do aluguel do alojamento. 

O valor do aluguel do imóvel depende de região para região. Recomendamos você pesquisar, a fundo, com detalhes, sobre qual a melhor opção para sua realidade financeira.

Agora se você mora a uma distância, não tão longa, que dê para ir de carro ou transporte coletivo é importante calcular esses custos por dia, com base no calendário letivo.

Até agora nós temos dois custos importantíssimos que serão sua responsabilidade até término do curso, caso você estude em uma instituição privada:

O VALOR DA MENSALIDADE (TAXAS E TRIBUTOS AUMENTAM A CADA SEMESTRE) + VALOR DE MORADIA OU TARIFAS DE TRANSPORTES.

Obs: conta de energia elétrica, água, internet e alimentação devem ser somados ao valor do aluguel, esse é o valor de moradia.

Custos fixos no curso de odontologia sem mensalidades

Se a sua opção são pelas universidades públicas ou por bolsa integral no PROUNI, você terá gastos fixos menores, comparado com as mensalidades do curso. 

Mas, não caia no erro de pensar que ao não pagar por mensalidades você está isento com pagamentos.

O valor fixo neste momento é apenas o transporte ou o alojamento. Fora os materiais, que são os custos variáveis. Falaremos a seguir disso:

Custos variáveis no curso de odontologia

Os principais custos variáveis no curso odontologia são os equipamentos odontológicos. 

O Dr. Nayo Hernandes, comentou que o custo com equipamentos odontológicos pode variar em média entre R$ 4.500,00 a R$ 5.500,00 por semestre (para materiais permanentes e de consumo). As listas de maior valor começam normalmente a partir do terceiro/quarto semestre. Custo este que costuma ser crescente em função da chegada matérias mais específicas. Já no último semestre a lista tem custo menor, pois o aluno já possui vários dos materiais e basicamente necessita somente de reposições.

A compra desses materiais depende da instituição, pois muitas delas emprestam os próprios equipamentos ao aluno. 

Em estágios serão necessários alguns equipamentos comprado pelo próprio estudante.

Incentivos do Governo

Sisu, Prouni e Fies para odontologia.

Você sempre sonhou em fazer odontologia, mesmo assim falta aquela grana. 

Calma, o Governo Federal, ainda disponibiliza os famosos programas de incentivo a iniciação acadêmica para grupos familiares de baixa renda: 

  • O Programa Universidade para Todos, conhecido como PROUNI, criado com a meta de conceder bolsas de estudo integrais e parciais em cursos, em instituições privadas de graduação;
  • O Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior, conhecido como FIES, criado com o objetivo do próprio Governo Federal de financiar a graduação dos ingressantes à instituição privada;
  • O Sistema de Seleção Unificada, mais conhecido como SISU, tem como meta conceder o acesso de estudantes de baixa renda, com direitos a cotas de ingressar à universidade pública.   

Resumindo…

Se você deseja ingressar em uma instituição privada, sem bolsa, para o curso de odontologia terá que calcular esses valores para saber quanto gastará: 

O VALOR DA MENSALIDADE (TAXAS E TRIBUTOS AUMENTAM A CADA SEMESTRE) + VALOR DE MORADIA OU TARIFAS DE TRANSPORTES + VALORES DOS EQUIPAMENTOS ODONTOLÓGICOS.

Agora se você pretende ingressar em um instituição, sem mensalidade, com bolsa, para o curso de odontologia terá que calcular os valores abaixo:

VALOR DE MORADIA OU TARIFAS DE TRANSPORTES + VALORES DOS EQUIPAMENTOS ODONTOLÓGICOS

Gostou desse conteúdo? Então, não deixe de compartilhar com seus pais e amigos que pretendem cursar odontologia. 

Agradecemos sua leitura

Aplicativos para Gestão de Clínicas Odontológicas